Dicas de Viagem de Silvia Grumbach

VIAJAR É ANTES DE TUDO UM ESTADO DE ESPÍRITO. GOSTAMOS DE NOS SENTIR LIVRES PARA ESCOLHER NOSSOS DESTINOS, FAZER NOSSOS PRÓPRIOS ROTEIROS, GASTAR MAIS OU MENOS TEMPO DE ACORDO COM NOSSA VONTADE E NOSSO SENTIMENTO EM CADA LUGAR VISITADO. AFINAL ESTAMOS SEMPRE DIANTE DE UMA INFINIDADE DE POSSIBILIDADES. SUGIRO QUE COMECE LENDO "O PORQUE DOS ROTEIROS ???" Clique sobre as ilustrações para vê-las ampliadas e, por favor, se as copiar, não deixe de citar a fonte. AO INTRODUZIR OS RESULTADOS DE MINHA PESQUISA DE NOSSA GENEALOGIA, PROSSEGUI NUMA VIAGEM, ESTA DE VOLTA AO PASSADO, REVISITANDO HISTÓRIAS DE VIDA E SEUS PERSONAGENS, NOSSOS ANTEPASSADOS … VIVOS EM NOSSAS LEMBRANÇAS

NOSSO ROTEIRO FOZ DO IGUAÇU Paraná Brasil (2016)

NOSSO ROTEIRO FOZ DO IGUAÇU Paraná Brasil

> 01/05/2016 – domingo

Para o Aeroporto rumo Foz do Iguaçu, a partir do Aeroporto Internacional Salgado Filho (RS).

Vôo Azul AD 4034, saindo de Porto Alegre (POA), às 13h20m, chegando a Campinas (VCP) às 16h10m, Aeroporto Internacional de Viracopos, com escala em Curitiba.

Vôo Azul AD 6934, saindo de Campinas (VCP), às 18h15m, chegando a Foz do Iguaçu (IGU), às 19h58m.

Em Foz do Iguaçu, no Aeroporto Internacional, nos aguardava o motorista Erick, da Iguassu Experiences Tour Agency, contratado para nos conduzir ao Belmond Hotel das Cataratas*****, num percurso de 2 km até a entrada do Parque Nacional e a 15 km do hotel. www.hoteldascataratas.com

O Belmond Hotel das Cataratas do Iguaçu é o único dentro do Parque Nacional, debruçado sobre as magníficas Cataratas do Iguaçu.

Após nos instalarmos, no Restaurante IPÊ Grill, um dos restaurantes do próprio hotel, comemos o popular churrasco gaúcho.

> 02/05/2016 – 2ª feira

A dois minutos de caminhada até as Cataratas do Iguaçu, com acesso exclusivo antes da abertura do parque, começamos o dia saindo do lobby do hotel, acompanhados por um guia, para cumprir o percurso da Trilha das Cataratas, num passeio de aproximadamente 1h30m.

A fim de preservar o ecossistema do Parque Nacional do Iguaçu, de acordo com a política do Instituto Chico Mendes – ICMBIO, os únicos veículos autorizados a entrar no parque são os ônibus do Centro de Visitantes do Parque e os veículos disponibilizados pelo Belmond Hotel das Cataratas, para uso exclusivo dos hóspedes.

  • 80% do parque está em área brasileira.
  • 80% das Cataratas estão em área argentina e se precipitam de uma altura de 80 m, razão pela qual a vista do lado brasileiro é mais privilegiada e panorâmica.

Nesse percurso, alguns pontos se destacam, como o Salto Três Mosqueteiros; a Garganta do Diabo, a queda com maior fluxo dentre cerca de 275 quedas de água.

O rio Iguaçu começa na Serra do Mar e sobe ao encontro do rio Paraná, tem 56 afluentes, 1600 km, 5 hidroelétricas.

Em 1634, as Cataratas foram descobertas por um explorador espanhol que a batizou de Salto Santa Maria.

Em 1890, um visionário argentino começou a trazer turistas, fundando, então, Porto Iguaçu.

Em 1939 é declarado Parque Nacional, lado brasileiro.

Em 1993 foram inauguradas as passarelas.

Nessa caminhada vimos muitos quatis.

- Uma capinha de chuva é indispensável. –

Nesse dia, almoçamos no Restaurante Ipê Grill e jantamos no Restaurante Itaipu, ambos no hotel.

> 03/05/2016 – 3ª feira

Saímos do lobbby do hotel às 9 horas, acompanhados pelo motoguia Francisco, para uma visita especial ao Complexo Turístico Itaipu, passeio com 5 horas de duração.

Por questões de segurança em área industrial, essa atração é restrita a maiores de 14 anos.

- É obrigatório o uso de calçados fechados, sem salto e calça comprida,

sendo proibido levar bolsas ou mochilas. É permitido levar câmeras. –

Foz do Iguaçu abriga duas atrações sem paralelo no mundo. Uma, esculpida pela natureza, as Cataratas do Iguaçu e a outra, pelas mãos do homem, a Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Naquele local, encontrava-se uma ilha, quase submersa, chamada ‘itaipu’, logo após uma curva acentuada de rio, onde a correnteza parecia medir forças com os barrancos e a poucos quilômetros da confluência com o rio Iguaçu. Estudos indicavam para aquele ponto um rendimento energético excepcional, em virtude de um longo cânion escavado pelo rio Paraná.

20 milhões de pessoas, de 200 diferentes países, visitaram Itaipu

entre 1997 e fevereiro de 2016.

À 36 km do hotel está a Usina Hidrelétrica de Itaipu, a maior do mundo em produção de energia.

É um empreendimento binacional, desenvolvido pelo Brasil e pelo Paraguai no rio Paraná, na fronteira entre os dois países.

Itaipu começou a gerar energia em maio de 1984. De lá para cá, a produção cresceu. Para se ter uma ideia, a energia gerada por Itaipu em 2013 supriria todo o consumo mundial por dois dias ou atenderia toda a demanda de um país como o Paraguai por 8 anos.

Embora não tenha a maior potência instalada, Itaipu continua sendo a maior hidrelétrica do mundo em produção de energia.

A altura da barragem principal (196 m) equivale á altura de um prédio de 65 andares.

Em 1995, os engenheiros civis de todo o mundo selecionaram as sete maravilhas do mundo moderno e Itaipu foi uma das escolhidas, ao lado do Eurotúnel (França – Inglaterra), das obras de proteção do Mar do Norte (Holanda), do Empire State Building (Estados Unidos), da Torre da Canadian National (Canadá), da ponte Golden Gate (Estados Unidos) e do Canal do Panamá (Panamá). 

Nos finais de semana, mais precisamente na 6ª feira no final da tarde, as comportas são fechadas até 2ª feira pela manhã, por esta razão, a partir de 3ª feira o volume de água nas cataratas é sempre maior.

Ano passado, o Paraguai utilizou 14% da sua parte (50%) de energia gerada. Os restantes 36% foram vendidos ao Brasil, que utilizou, então, 86% da energia produzida (50% + 36%).

A visita tem início com um documentário sobre ItaipuO Circuito Especial é mais completo, passando pelo mirante central, vertedouro e pelo alto da barragem, com incursão pelo interior da usina e paradas em pontos estratégicos, como o topo da barragem, a sala de Supervisão e Controle Central, que é o coração da usina, o eixo de uma unidade geradora em pleno funcionamento, as galerias onde estão instaladas as turbinas e as imponentes catedrais de concreto. O ingresso para esta visita = R$ 74,00 por pessoa.

Fim da visita, retornamos ao hotel para o almoço.

Nova saída à tarde, com o motorista Paulo, para conhecer o Marco das Três Fronteiras – Brasil, Paraguai e Argentina – inaugurado em 20 de julho de 1903, encontro do rio Iguaçu com o rio Paraná, 20 km abaixo das Cataratas, 20 km abaixo de Itaipu. O ingresso para esta visita = R$ 22,00 por pessoa e o complexo funciona diariamente das 10 às 20 horas. www.marcodasamericas.com.br

O rio Iguaçu faz a divisão entre Brasil e Argentina e o rio Paraná faz a divisa entre Brasil e Paraguai.

Uma parada na Ponte Tancredo Neves ou Ponte Internacional da Fraternidade, que liga Foz do Iguaçu, no Brasil à Porto Iguaçu, na Argentina. Até a metade da ponte, a proteção lateral é pintada de verde e amarelo e a outra metade de azul e branco.

Almoçamos no Restaurante IPÊ Grill e lanchamos no Bar Tarobá, um piano-bar, ambos no hotel.

> 04/05/2016 – 4ª feira

Às 4 horas da manhã estávamos no lobby do hotel prontos para o traslado ao aeroporto. Já no carro, ainda dentro do parque, disse que para que nossa estadia fosse considerada perfeita só faltava vermos uma onça passeando pelo parque, dada a raridade desta oportunidade. E o que vimos, em seguida ? Um filhote de onça passeando pelo parque, ou seja, nossa estadia foi perfeita.

O Belmond Hotel das Cataratas patrocina o Projeto Carnívoros, projeto de pesquisa e monitoramento da onça pintada. São aproximadamente 20 as onças catalogadas e monitoradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>